O polegar vermelho partiu

Um herói deixou o mundoCaricatura Balaños Chaves Chapolin hoje.

Mesmo sem superpoderes, Boloñas conseguiu levar alegria e reflexão a milhões de pessoas. Sempre me comovo com histórias de crianças que passam por dificuldades. Somente hoje me dei conta de onde vem este sentimento. O pequeno garoto que era apaixonado por sanduíche de presunto e vendia tamarindo me ensinou que é preciso enxergar o outro lado das coisas. Chapolin nunca foi musculoso, seus poderes não destruíam os vilões, pelo contrário, a pílula de nanicolina o transformava em um inseto e a marreta biônica era de plástico. Mesmo assim, ele sempre foi meu herói favorito. Ele me ensinou que ideia tem mais poder que a força bruta. O vermelhinho convocava apenas os bons, apenas aqueles capazes de sustentar o frescor da juventude em seus corações.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *